sábado, 4 de novembro de 2017

Resenha: Nimona de Noelle Stevenson

13:17:00

Livro: Nimona
Autor: Noelle Stevenson
Editora: Intrínseca
Compre: Amazon
Sinopse: Nimona é uma metamorfa sem limites nem papas na língua, cujo maior sonho é ser comparsa de Lorde Ballister Coração-Negro, o maior vilão que já existiu. Mas ela não sabia que seu herói possuía escrúpulos. Menos ainda uma deliberada missão.

Até conhecer Nimona, Ballister fazia planos que jamais davam certo. Felizmente, a garota tem muitas sugestões para reverter esse quadro. Infelizmente, a maioria envolve explosões, sangue e mortes. Agora, Coração-Negro não só tem que enfrentar seu arqui-inimigo e ex-amigo, o célebre e heroico Sir Ambrosius Ouropelvis, mas também impedir que a fiel comparsa destrua todo o reino ao tentar ajudá-lo.

Uma história subversiva e irreverente que mistura magia, ciência, ação e muito humor sobre camadas e mais camadas de reflexão - entre uma batalha e outra, é claro.


ResenhaNimona originou-se como uma experiência de arte universitário de algumas páginas que se expandiu para um webcomic, publicado quinzenalmente no site de Stevenson ao longo de dois anos. O que começou em um estilo visual e narrativamente simples em junho de 2012 rapidamente se tornou mais elaborado e sofisticado. Em 2013, a série ganhou o prêmio Slate Cartunist Studio Prize de Melhor Web Comic.

Nimona é uma metamorfo deliciosamente caótica que se nomeia para o cargo de "supervisor" para supervisionar Lorde Ballister Coração-Negro. Juntos, eles têm aventuras, traçam planos malignos (ou não tão malvados), jogam jogos de tabuleiro, participam de feiras científicas e, talvez, salvem o mundo. O mundo em questão é um fantasma/sci-fi mash com uma corporação inventando tecnologia avançada ao lado de um típico município medieval. O inimigo jurado de Coração-Negro é Sir Ambrosius Ouropelvis, um ex-amigo que é responsável pelo braço perdido de Blackheart. O relacionamento evolutivo entre Ballister e Ambroisius foi uma sub-trama tão perfeito que deu aos personagens uma grande profundidade.
Nimona acrescenta muita vida à história com seu entusiasmo pela perversidade e caos, e sua habilidade em mudar de forma em qualquer criatura viva, incluindo um dragão, permite que ela cause muita destruição. À medida que o livro progride, mostra que Nimona reteve muito sobre suas capacidades e o mistério de sua verdadeira natureza e poder está no cerne da história. Eu não vou entrar em detalhes sobre isso para evitar spoilers, mas vou acrescentar que está será uma das melhores HQ’s que você lerá na vida.

A melhor parte sobre Nimona é como Stevenson joga com os tropos de ficção científica e romances de fantasia. Nenhum dos personagens principais é o que você poderia chamar de "bom", mas ambos têm boas qualidades e conjuntos de moral muito diferentes. Cada um dos personagens centrais faz parte do "antagonista" na história, sem que o enredo se torne complicado ou ridículo. Ao fazer isso, Stevenson demonstra a complexidade da moral ao mostrar, ao invés de contar, os leitores que o mundo é um lugar complexo e suas decisões tornam você quem você é.

Ao ler Nimona, eu ri muito mais vezes do que eu posso contar. Esta é sem dúvida minha HQ favorita até agora.
Detalhes:

Título: Nimona
Autor: Noelle Stevenson

Tradução: Flora Pinheiro
Lançamento: 22/09/2016
Páginas: 272
Formato: 16 x 23 x 1,4 cm
ISBN: 978-85-8057-902-4
Gênero: Ficção

Resenha: Piano Vermelho de Josh Malerman

13:09:00

Livro: Piano Vermelho
Autor: Josh Malerman
Editora: Intrínseca
Compre: Amazon
Sinopse: Ex-ícones da cena musical de Detroit, os Danes estão mergulhados no ostracismo. Sem emplacar nenhum novo hit, eles trabalham trancados em estúdio produzindo outras bandas, enchendo a cara e se dedicando com reverência à criação - ou, no caso, à ausência dela. Uma rotina interrompida pela visita de um funcionário misterioso do governo dos Estados Unidos, com um convite mais misterioso ainda: uma viagem a um deserto na África para investigar a origem de um som desconhecido que carrega em suas ondas um enorme poder de destruição.

Liderados pelo pianista Philip Tonka, os Danes se juntam a um pelotão insólito em uma jornada pelas entranhas mortais do deserto. A viagem, assustadora e cheia de enigmas, leva Tonka para o centro de uma intrincada conspiração.

Seis meses depois, em um hospital, a enfermeira Ellen cuida de um paciente que se recupera de um acidente quase fatal. Sobreviver depois de tantas lesões parecia impossível, mas o homem resistiu. As circunstâncias do ocorrido ainda não foram esclarecidas e organismo dele está se curando em uma velocidade inexplicável. O paciente é Philip Tonka, e os meses que o separam do deserto e tudo o que lá aconteceu de nada serviram para dissipar seu medo e sua agonia. Onde foram parar seus companheiros? O que é verdade e o que é mentira? Ele precisa escapar para descobrir.

Com uma narrativa tensa e surpreendente, Josh Malerman combina em Piano Vermelho o comum e o inusitado numa escalada de acontecimentos que se desdobra nas mais improváveis direções sem jamais deixar de proporcionar aquilo pelo qual o leitor mais espera: o medo.


ResenhaA originalidade potente que faz de Malerman uma voz tão importante continua a prosperar em Piano Vermelho, na qual ele apresenta uma idéia que rivaliza com o seu melhor trabalho (Caixa de Pássaros): e se um som pudesse fazer mais do que apenas ser ouvido - e se pudesse debilitar, aleijar, desarmar, ou mesmo mudar o curso da história?

Malerman é meu autor favorito por uma boa razão; Suas obras abrem a mente ao tipo de noções de pesadelo que, por sua vez, dão vida aos mistérios mais poderosos. O tipo de mistérios que te mantêm teorizando o tempo todo.

Quatro músicos são enviados para perseguir a fonte de um som que os militares registraram, mas não conseguiram localizar - um som que desarmou suas armas e que deixa o ouvinte doente. É um enigma do som que o governo dos EUA naturalmente considera uma ameaça, até o ponto em que desistiu de enviar soldados e agora reverteu para enviar "especialistas em som" - um grupo de músicos chamado os Danes.

Philip Tonka, o pianista dos Danes e um homem que acredita em seguir sua própria versão do destino - é o foco do romance. Nós alternamos entre o presente, em que Philip está se recuperando no hospital (após o som quebrar todos os ossos do seu corpo) sob o cuidado de uma enfermeira bondosa que se apaixona por ele (Ellen) e o passado, em que Philip e o resto dos Danes (juntamente com alguns outros homens cruciais) partiram de sua missão para localizar a fonte do som indescritível.

No entanto, o que parece uma missão relativamente fácil logo se transforma em uma jornada perigosa e mortal através das areias implacáveis ​​do deserto abrasador. Antes de encontrá-lo, tudo o que os homens sabem sobre a realidade e o som, mudará para sempre.

Piano Vermelho é um dos melhores romance de suspense, outro testemunho das habilidades excepcionais de narrativa de Malerman. À medida que a história avança, os leitores irão virar as páginas mais rápido e mais rápido até o fim, desejando saber o que acontece com esses personagens. 

Piano Vermelho é inteligente, desafiador e carregado com questões difíceis e eventos abertos à interpretação. Um romance único e impressionantemente original.

Detalhes:

Título: Piano Vermelho
Autor: Josh Malerman

Tradução: Alexandre Raposo
Lançamento: 05/07/2017
Páginas: 320
Formato: 15,5 x 23 x 1,6 cm
ISBN: 978-85-510-0206-3
Gênero: Ficção

Love, Simon: Adaptação de 'Simon vs. a agenda Homo Sapiens' ganha primeiras imagens

12:59:00
A Entertainment Weekly divulgou as primeiras imagens da comédia romântica Love, Simon; adaptação comandada por Greg Berlanti (The Flash).



Aos 16 anos, Simon Spier ainda não assumiu sua homossexualidade publicamente. Quando um de seus e-mails vai parar em mãos erradas, ele passa a ser chantageado e precisa ajudar o "palhaço" da classe a arranjar uma namorada... Para complicar a situação, ele começa um romance online com um dos colegas de classe.

Essa é a premissa de "Simon vs. a agenda Homo Sapiens" (Intrinseca), best-seller de Becky Albertalli, que vai invadir as telonas em 2018.







Love, Simon é do mesmo estúdio e produtores de "A Culpa é das Estrelas", a adaptação cinematográfica conta com Nick Robinson (Jurassic World), Jennifer Garner (Miracles from Heaven), Josh Duhamel (Transformers: The Last Knight), Katherine Langford (13 Reasons Why), Alexandra Shipp (X-Men: Apocalipse) e Jorge Lendeborg Jr. (Homem-Aranha: De Volta ao Lar). 

O filme tem previsão de estreia para março de 2018.

Black Mirror, série de TV da Netflix vai virar livro

12:59:00

Black Mirror, série de TV da Netflix, vai ganhar uma adaptação para livros nos Estados Unidos, segundo a Entertainment Weekly.


A editora Penguin Random House, anunciou o lançamento de uma trilogia original editada por Charlie Brooker, o criador do programa. Os autores ou a trama ainda não foram revelados, mas o primeiro romance deve chegar às lojas em fevereiro de 2018, com o seguinte sendo publicado no fim do mesmo ano e o terceiro chegando em 2019.

"Novas histórias de Black Mirror por ótimos autores! É uma ideia agradável", disse Brooker em comunicado. "Elas utilizarão um formato de tecnologia de ponta chamado 'livro' onde você olha para uma espécie de código em tinta no papel, que faz as imagens e sons magicamente aparecerem na sua cabeça. Parece exagero mas nós veremos."

A quarta temporada de “Black Mirror” chegará no final deste ano, na Netflix.

domingo, 29 de outubro de 2017

Resenha: Deuses Americanos de Neil Gaiman

16:28:00

Livro: Deuses Americanos 
Autor: Neil Gaiman
Editora: Intrínseca
Compre: Amazon
Sinopse: Deuses americanos é, acima de tudo, um livro estranho. E foi essa estranheza que tornou o romance de Neil Gaiman, publicado pela primeira vez em 2001, um clássico imediato. Nesta nova edição, preferida do autor, o leitor encontrará capítulos revistos e ampliados, artigos, uma entrevista com Gaiman e um inspirado texto de introdução.

A saga de Deuses americanos é contada ao longo da jornada de Shadow Moon, um ex-presidiário de trinta e poucos anos que acabou de ser libertado e cujo único objetivo é voltar para casa e para a esposa, Laura. Os planos de Shadow se transformam em poeira quando ele descobre que Laura morreu em um acidente de carro. Sem lar, sem emprego e sem rumo, ele conhece Wednesday, um homem de olhar enigmático que está sempre com um sorriso no rosto, embora pareça nunca achar graça de nada.

Depois de apostas, brigas e um pouco de hidromel, Shadow aceita trabalhar para Wednesday e embarca em uma viagem tumultuada e reveladora por cidades inusitadas dos Estados Unidos, um país tão estranho para Shadow quanto para Gaiman. É nesses encontros e desencontros que o protagonista se depara com os deuses — os antigos (que chegaram ao Novo Mundo junto dos imigrantes) e os modernos (o dinheiro, a televisão, a tecnologia, as drogas) —, que estão se preparando para uma guerra que ninguém viu, mas que já começou. O motivo? O poder de não ser esquecido.


ResenhaNão é de se surpreender que o livro de Neil Gaiman Deuses americanos trata-se de mitologias mortas e sistemas de crenças desvanecidas. Gaiman fez carreira dando um novo ar para mitos antigos, dos muitos personagens de quadrinhos da DC que ele ressuscitou para sua premiada série Sandman, desde fadas que habitam seu primeiro romance, Lugar Nenhum. Também não é de se surpreender que Deuses Americanos é uma história peculiar e envolvente que mistura as melhores qualidades de um conto de fadas com os aspectos mais convincentes de um romance clássico. 

A jornada começa quando o protagonista, um homem calmo e impetuoso, conhecido como Shadow, é liberado da prisão uns dias antes, devido a morte acidental de sua esposa, Laura. 

Em pouco tempo Shadow está submerso em um mundo oculto que existe dentro e ao redor do familiar. Quanto ele e o senhor quarta-feira viajam pelo país, eles encontram um crescente número de deuses que desapareceram, essas culturas e adoradores morreram em grande parte a muito tempo. 

A missão de quarta-feira é unir essas divindades fracas e envelhecidas contra o novo e brilhante regime dos deuses tecnológicos e orientados para mídia, já objetivo de Shadow é  principalmente servir e sobreviver, já que fica claro que quarta-feira enfrenta oposição brutal. 

Deuses Americanos é seguro e ambicioso sem lembrar de nada exceto as histórias de Sandman, do próprio Gaiman. 

O fundamento sólido e crível de Shadow nas pequenas trivialidades do mundo real rivaliza com o fundamento do livro no fantástico e arcano mundo das antigas teologias; esses dois aspectos se encontram e se fundem para formar um romance coeso e convincente que se aproxima do melhor trabalho de Gaiman.

Detalhes:

Título: Deuses Americanos
Autor: Neil Gaiman

Tradução: Leonardo Alves
Lançamento: 24/10/2016
Páginas: 576
Formato: 16 x 23 x 2,8 cm
ISBN: 978-85-510-0072-4
Gênero: Ficção

Conheça "Chronos: Viajantes do Tempo", da autora Rysa Walker

16:06:00

A coleção DarkLove da DarkSide Books acaba de ganhar mais um integrante, o livro "Chronos: Viajantes do Tempo", da autora americana Rysa Walker, é o primeiro volume da Trilogia Chronos. O livro será lançado em Novembro.


Confira abaixo um release de divulgação do livro:

SOMOS TODOS REFÉNS DO TEMPO

Na vida, tudo tem uma ordem certa para acontecer: os sapatos devem ser colocados depois das meias, a geléia deve ser passada no pão depois da manteiga — netos nascem depois dos avós. Kate Pierce-Keller nunca havia dado atenção a este último item, até sua avó surgir com revelações e um objeto que podem colocar sua existência em risco.


CONSPIRAÇÕES, A CHAVE PARA A ETERNIDADE E UM ASSASSINO EM SÉRIE

Os eventos da premiada Trilogia Chronos se iniciam quando Kate descobre que sua avó é uma historiadora viajante do tempo — nascida alguns séculos à frente, mas presa ao presente por conta de um acidente — e possui um artefato, um medalhão azul reluzente, que permite realizar saltos temporais para qualquer época e local.

Tudo parece um absurdo no início, mas uma leve interferência na linha temporal faz com que os pais de Kate sumam do mapa e ela seja a próxima da lista. Arriscando sua vida, ela aceita a missão de tentar voltar no tempo para evitar um homicídio que é a chave de tudo e colocar as coisas no seu devido lugar. Mas se ela for bem sucedida, a interferência também terá um custo pessoal.


Neste primeiro volume, o leitor é transportado para a Exposição Universal de 1893, em Chicago, quando a Roda Gigante foi apresentada pela primeira vez e o serial killer H. H. Holmes dirigia um hotel construído especialmente para receber os visitantes da feira (e sumir com seus corpos). Em meio a tantos fatos históricos e curiosos, Kate precisa agir pontualmente para não estragar nada, e ainda impedir a ascensão de um culto religioso bastante poderoso que ameaça afetar o universo como o conhecemos.

A viagem no tempo sempre fascinou o ser humano e foi tema de obras que marcaram época como o clássico A Máquina do Tempo, de H. G. Wells, O Fim da Eternidade, de Isaac Asimov, o filme mais querido da década de oitenta, De Volta para o Futuro, e o cult que impressionou uma geração, Donnie Darko. Todo mundo já quis mudar alguma coisa do seu passado, mas é difícil calcular o impacto disso no presente. Além do mais, quem decide que essa mudança pode ser feita? Esses e outros dilemas são construídos e trabalhados de maneira afiada por Rysa Walker em seu romance de estreia, que chega ao Brasil pela DarkSide® Books em uma edição especial que vai durar séculos — e deixaria até mesmo o Doctor Who curioso.


Chronos: Viajantes do Tempo, o primeiro volume da Trilogia Chronos, foi ganhador do prêmio Amazon Breakthrough Novel Award em 2013 e, com isso, recebeu o sinal verde para ser impresso pela Skyscape Publishing, um selo editorial da Amazon. Com o reconhecimento da obra, Rysa Walker passou a se dedicar integralmente ao seu ofício de escritora e deu continuidade às viagens de Kate pelas décadas. Agora, a autora também integra a coleção DarkLove, a linha editorial da DarkSide® Books que revela as vozes femininas mais surpreendentes do nosso — e de qualquer outro — tempo.

"Uma das raras ocasiões em que o amor do autor pelos
seus personagens transborda nas palavras."
— NIGHT OWL REVIEWS —

"Escrita afiada, talento para diálogos e muita imaginação."
— KIRKUS BOOK REVIEWS—

"Personagens maravilhosos, descrições impecáveis, ação,
romance e saltos no tempo. Absolutamente incrível."
— THE BIBLIOPHILE'S CORNER —

"A empolgação de viajar no tempo para impedir
um plano maligno vai deixar os leitores completamente envolvidos."
— LIBRARY MEDIA CONNECTION —


Rysa Walker cresceu numa fazenda de gado no sul dos Estados Unidos. Suas opções de entretenimento eram conversar com as vacas e ler. Nas raras ocasiões em que conseguia o domínio do controle remoto da televisão, ela assistia a Star Trek e se imaginava vivendo no futuro, em planetas distantes, ou pelo menos numa cidade grande o suficiente para ter um semáforo. Atualmente, quando não está escrevendo, ela dá aulas de história e política na Carolina do Norte, onde divide um escritório com o marido e uma cachorrinha golden retriever chamada Lucy. Ela gosta de ioga, chocolate super amargo, e de jogar Galaga e Scrabble. Mas ela ainda não consegue o domínio do controle remoto da TV com muita frequência, graças aos seus filhos obcecados por esportes. Chronos: Viajantes do Tempo é seu romance de estreia. Saiba mais em rysa.com.

Ficha Técnica 

Título: 
Chronos: Viajantes do Tempo

Série: Trilogia Chronos
Autor (a): Rysa Walker
Tradutora: Fernanda Lizardo
Editora: DarkSide®
Edição: 1a
Idioma: Português
Especificações: 320 páginas (capa dura)
Dimensões: 16 x 23 cm
ISBN: 
978-85-9454-062-1

Comprar: 

Descubra a origem do sentimento que ergueu um novo reino, em Crônicas de Morrighan

15:48:00

A coleção DarkLove da DarkSide Books acaba de ganhar mais um integrante, o livro "Crônicas de Morrighan", da autora americana Mary E. PearsonCrônicas de Morrighan é um prelúdio da aclamada trilogia Crônicas de Amor & Ódio. O livro será lançado em Outubro.


Confira abaixo um release de divulgação do livro:


A ORIGEM DO SENTIMENTO QUE ERGUEU UM NOVO REINO

Quando o primeiro volume das Crônicas de Amor & Ódio chegou ao Brasil, os leitores souberam na hora que era amor à primeira vista. A jornada de Lia — repleta de aventura, fantasia, poder e romance — fez com que os darklovers se entregassem de corpo e alma a um universo deslumbrante criado pela premiada escritora Mary E. Pearson.



Mas antes que fronteiras tivessem sido traçadas, antes que tratados fossem assinados e batalhas fossem travadas novamente, antes que os grandes reinos dos Remanescentes tivessem até mesmo nascido, uma menina chamada Morrighan e sua família lutavam para sobreviver em meio à guerra.

Com uma narrativa poética e apaixonante, Mary E. Pearson transpõe as barreiras culturais em nome do amor e traz respostas e ternura a todos que estavam com saudades das belas crônicas.



Publicada apenas em formato digital no exterior, a DarkSide® Books presenteia seus leitores com uma edição única no mundo inteiro: Crônicas de Morrighan chega às livrarias em outubro com a amada capa dura, e ainda traz uma apresentação exclusiva da autora para os fãs brasileiros que transformaram a série em um sucesso.

Se você ainda não conhece a trilogia das Crônicas de Amor & Ódio, este prelúdio é um primeiro beijo inesquecível; mas se você já entregou seu coração, Crônicas de Morrighan é um mergulho ainda mais profundo no universo criado com tanto carinho e inspiração por Mary E. Pearson.



Vale lembrar que The Kiss of Deception, o primeiro volume da trilogia, foi apontado pelo comitê da Young Adult Library Services Association (YALSA) como umas das melhores ficções ya de 2015 e escolhido uma das principais fantasias de 2014 no Goodreads. A trilogia ocupou o topo das listas de mais vendidos do Brasil e também integra a coleção DarkLove — uma linha editorial da DarkSide® Books que revela as novas e mais surpreendentes vozes femininas da literatura.


"Mais uma vez, Mary E. Pearson nos mostra que é possível criar
uma história livre de estereótipos e que a força feminina
pode mudar vidas e mundos."
— SKULL GEEK —

"É uma história de amor, aventura, lealdade e esperança."
— BIBLIOMANÍACAS —

"Morrighan é maravilhosa. Ela é inteligente, bondosa e esperançosa. Ela e Jafir
são indivíduos incríveis, mas são ainda melhores juntos."
— STEP INTO FICTION —

Leia a trilogia completa: Volume 1 | Volume 2 | Volume 3

Mary E. Pearson é uma premiada escritora do sul da Califórnia, autora das Crônicas de Amor & Ódio, e conhecida por seus outros sete livros juvenis — entre eles a série popular The Jenna Fox Chronicles. Mary é formada em artes pela Long Beach State University, e possui mestrado pela San Diego State University. Aventurou-se em trabalhar como artista, até receber o maior desafio que a vida poderia lhe proporcionar: ser mãe. Adora longas caminhadas, cozinhar e viajar para novos destinos sempre que tem a oportunidade. Atualmente, é autora em tempo integral e mora em San Diego, junto com seu marido e seus dois cachorros. Saiba mais em marypearson.com.


Ficha Técnica 

Título: Crônicas de Morrighan

Série: Crônicas de Amor e Ódio (0,5)
Autor (a): Mary E. Pearson
Tradutora: Ana Death Duarte
Editora: DarkSide®
Edição: 1a
Idioma: Português
Especificações: 120 páginas (capa dura)
Dimensões: 16 x 23 cm
ISBN: 978-85-9454-058-4


Comprar: 




Chegou a hora de dissecar o pesadelo

15:28:00

coleção Dissecando da DarkSide Books acaba de ganhar mais um integrante, o livro "A Hora do Pesadelo: Never Sleep Again", do autor Thommy Hutson. O livro será lançado em Outubro.


Confira abaixo um release de divulgação do livro:


PESADELO PARA UNS. O LIVRO DOS SONHOS PARA OS FÃS.

“Eu tinha pesadelos quando era criança. Uma noite, pedi para minha mãe entrar comigo nos meus sonhos para manter o bicho-papão afastado. Ela respondeu [...] que o sono era o único lugar no qual todos nós precisávamos ir sozinhos”. Assim, Wes Craven começa a descrever a gênese do filme que há mais de trinta anos faz muita gente grande dormir de luz acesa: A Hora do Pesadelo.



Para quem sempre sonhou em visitar as origens do imortal Freddy Krueger, é hora de acordar gritando. É com mórbido prazer que a DarkSide® Books apresenta A Hora do Pesadelo: Never Sleep Again, o mais novo título da Coleção Dissecando.

A Hora do Pesadelo: Never Sleep Again tem tudo para se transformar no livro de cabeceira dos fãs mais exigentes. O livro conta a história de como o diretor resgatou uma antiga obsessão de sua infância para criar um dos personagens mais icônicos do cinema moderno.



Em uma produção de baixo orçamento de 1984, Freddy Krueger logo sairia das telas para aterrorizar o inconsciente coletivo das futuras gerações. Mas quem assiste hoje ao primeiro longa-metragem da franquia (que já contabiliza nove títulos, incluindo uma parceria com Jason Voorhees de Sexta-Feira 13) não imagina as dificuldades que o diretor precisou enfrentar para transformar seu pesadelo em realidade.



A Hora do Pesadelo: Never Sleep Again é o registro mais completo sobre este slasher movie revolucionário. Para escrevê-lo, o autor Thommy Hutson, que já havia produzido um documentário sobre o filme, voltou a entrevistar membros do elenco e da equipe, incluindo o próprio Wes Craven, que assinou a apresentação do livro, antes de nos deixar, em 2015.



Uma curiosidade: a primeira edição americana de A Hora do Pesadelo: Never Sleep Again foi bancada através de financiamento coletivo, e a campanha na plataforma Kickstarter contou com a participação da atriz Heather Langenkamp, que encarnou Nancy Thompson, a jovem atormentada por Freddy nos três primeiros filmes da série.

Novo lançamento da Coleção Dissecando — junto com O Massacre da Serra Elétrica, Evil Dead e Sexta-Feira 13 — A Hora do Pesadelo: Never Sleep Again chega aos leitores em Limited Edition, com capa dura para fazer bonito na estante de qualquer fã de terror que se preze, e vem recheado de fotos exclusivas e segredos dos bastidores que vão surpreender até os fãs que juravam que sabiam tudo.


PREPARE-SE PARA ALGUMAS NOITES EM CLARO. VOCÊ TEM UM LIVRO NOVO PRA LER.





“O pesadelo e/ou sonho definitivo para os fãs de Freddy Krueger.”
— ENTERTAINMENT WEEKLY —

“Até mesmo o fã mais hardcore de Elm Street e dos filmes de terror vai se surpreender com este livro.”
— BLOODY DISGUSTING —

“Robert Englund enxergou o papel e o roteiro como um todo, exatamente como eu via. [...] um mito moderno, disfarçado como um filme de terror de borrar as calças.”
— WES CRAVEN —


Thommy Hutson escreveu e produziu documentários sobre alguns dos filmes mais importantes do cinema de terror, incluindo Sexta-Feira 13, Pânico, A Volta dos Mortos-Vivos e, é claro, A Hora do Pesadelo. Além dos documentários, é um premiado roteirista de tv, com dois especiais de Scooby-Doo no seu currículo.

Ficha Técnica 

Título: A Hora do Pesadelo – Never Sleep Again
Autor: Tommy Hutson
Tradutora: Carlos Primati
Autor (a): DarkSide®
Edição: 1a
Idioma: Português
Especificações:
 520 páginas (capa dura)
Dimensões: 16 x 23 cm
ISBN: 978-85-9454-061-4


Comprar:



Pré-venda da edição ilustrada de Animais Fantásticos e Onde Habitam de J. K. Rowling

14:59:00
Está em pré-venda na Amazon a edição ilustrada de "Animais Fantásticos e Onde Habitam", da autora britânica J. K. Rowling

O livro será lançado no dia 12 de novembro de 2017.



Chega às livrarias brasileiras no dia 7 de novembro, simultaneamente ao lançamento na Inglaterra e nos Estados Unidos, a edição ilustrada da obra de Newt Scamander Animais fantásticos e onde habitam, de J.K. Rowling. Ilustrado pela artista Olivia Lomenech Gill, ganhadora do English Association Picture Book Award e indicada para a Kate Greenaway Medal, esta magnífica nova edição em quatro cores do clássico da Biblioteca Hogwarts apresenta uma gama extraordinária de criaturas mágicas, algumas familiares para os leitores da série Harry Potter, como o Hipogrifo e o Basilisco, outras que surpreenderão até mesmo o mais ardente magizoologista amador!


Pré-venda do livro "Vejo Você no Espaço" do autor Cheng Jack

14:52:00

Está em pré-venda na Amazon o segundo romance do autor Cheng Jack, intitulado "Vejo Você no Espaço". O livro será lançado no dia 27 de novembro de 2017.


Oi, meu nome é Alex Petroski. Tem alguém aí?

Alex tem onze anos e adora o espaço sideral, foguetes, sua família e seu cachorro, Carl Sagan — uma homenagem a seu maior herói, o astrônomo autor de Cosmos e Pálido ponto azul. A missão de vida de Alex é enviar seu iPod dourado para o espaço, do mesmo jeito que Sagan (o cientista, não o cachorro) enviou os Discos de Ouro nas sondas Voyager, em 1977, com sons e imagens da Terra, a fim de mostrar aos extraterrestres como é a vida no nosso planeta. Por isso, Alex constrói um foguete. E por isso ele viaja do Colorado ao Novo México, de Las Vegas a Los Angeles, gravando tudo o que acontece pelo caminho. Ele encontra pessoas incríveis, gentis e interessantes, desencava segredos e descobre que, mesmo para um menino com uma mãe complicada e um irmão ausente, família pode significar algo bem maior do que se imagina.

Um livro tocante e delicioso sobre aprendermos a discernir realidade e aparências, Vejo você no espaço é uma lição de que família também se constrói e de que, com honestidade, força e amor, nos tornamos tão grandes quanto o próprio universo.

Pré-venda do segundo volume da série The Hatching do autor Ezekiel Boone

14:46:00

Está em pré-venda na Amazon o segundo volume da série The Hatching, intitulado "A Expansão", do autor norte-americano Ezekiel Boone

O livro será lançado no dia 16 de novembro de 2017.


Ao receber um pacote em seu laboratório, em Washington, a dra. Melanie Guyer não poderia prever que, de um dia para o outro, a espécie ancestral de aranhas que eclodiu daquela bolsa de ovos causaria o caos no mundo inteiro.

Pré-venda do segundo volume da série Remembrance of Earth’s do autor Cixin Liu

14:41:00

Está em pré-venda na Amazon o segundo volume da trilogia Remembrance of Earth’s, intitulado "A Floresta Sombria", do autor chinês Cixin Liu

O livro será lançado no dia 08 de novembro de 2017.


Depois de "O problema dos três corpos", a humanidade se prepara para a iminente invasão alienígena. A Organização Terra-Trissolaris — formada por habitantes da Terra que traíram seus iguais para se associar aos alienígenas — pode ter sido derrotada, mas a presença de partículas subatômicas, os sófons, revela todo o conhecimento da humanidade para os invasores, e as defesas terráqueas são um livro aberto para os trissolarianos.

Pré-venda do quarto volume da série Elementos da autora Brittainy C. Cherry

14:31:00

Está em pré-venda na Amazon o quarto volume da série Elementos, intitulado "A Força que nos Atrai", da autora norte-americana Brittainy C. Cherry

O livro será lançado no dia 02 de dezembro de 2017.


Graham e Lucy não foram feitos um para o outro. Mas é impossível resistir à atração que os une.

Graham Russel é um escritor atormentado, com o coração fechado para o mundo. Casado com Jane, um relacionamento sem amor, ele vê sua vida virar de cabeça para baixo quando Talon, sua filha, nasce prematura e corre risco de morte. Abandonado pela esposa, ele agora precisa abrir seu frio coração para o desafio de ser pai solteiro. A única pessoa que se oferece para ajudá-lo é Lucy, a irmã quase desconhecida de Jane. Apaixonada pela vida, falante e intensa, ela é o completo oposto de Graham. Os cuidados com a bebê acabam aproximando os dois, e Lucy aos poucos consegue derreter o gelo no coração de Graham. Juntos, eles descobrirão o amor, mas os fantasmas do passado podem pôr tudo a perder.

Globo Alt revela capa do segundo volume da série Três Coroas Negras

14:13:00

A editora Globo Alt revelou a capa nacional do segundo volume da série Três Coroas Negras, intitulado "Um Trono Negro", da autora Kendare Blake. O livro também já está em pré-venda na Amazon.

A data de lançamento não foi definida.


A batalha pela coroa já começou, mas qual das três irmãs triunfará? 

Após os inesquecíveis acontecimentos da Cerimônia da Aceleração e com o Ano da Ascenção em andamento, as apostas mudaram: Katharine, outrora a irmã mais fraca, agora está mais forte do que nunca. Arsinoe, após descobrir a verdade sobre seus poderes, deve aprender a usar seu talento secreto a seu favor, sem que ninguém descubra. E Mirabella, antes a favorita para o trono, enfrenta uma série de ataques enquanto vê a fragilidade de sua posição. 

Em meio ao perigo constante, alianças serão formadas e desfeitas n
a fantástica continuação de "Três coroas negras". As rainhas de Fennbirn terão que combater a única coisa no caminho entre elas e a coroa: umas às outras.

FOLLOW @ INSTAGRAM

Sobre Nós

PaperTowns

Criado em Março de 2013, o The Paper Towns surgiu como um simples blog voltado para o mundo da literatura. A proposta do The Paper Towns é, sem dúvida, criar entretenimento literário diversificado e diferenciado para seus leitores. Temos como objetivo, informar, dar opiniões, resenhar, tudo relacionado com o mundo literário.




Facebook

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *