segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Resenha: Desespero


Livro: Desespero

Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Comprar: Saraiva

Sinopse: Um gato espetado numa placa da Rodovia 50 - uma das mais solitárias dos Estados Unidos - revela que nem sempre é fácil chegarmos ao nosso destino. O professor Jackson e sua esposa, a família Caver e o escritor Jonh Marinville sabem disso. O trajeto até a cidade de Desespero indica que a viagem será sombria e assustadora. Afinal, ao longo deste insólito caminho existe Collie Entragian, um louco disposto a fazer das suas palavras a própria lei. Quem conseguirá sobreviver? Este é o ponto de partida do novo romance de Stephen King, "Desespero".

"Quando o sol se põe e um vento soturno começa a soprar, tudo pode acontecer. E é bem provável que logo se descubra o verdadeiro sentido da palavra desespero." − Stephen King

Resenha: O Sobrenatural é o alicerce fundamental em Desespero, e por mais que os personagens se enganem a respeito precisarão ter em mente que confiar em quem não veem é a única forma de deterem aqueles que podem ver e que principalmente podem feri-los.
 
A rodovia 50 é conhecida como a mais solitária dos Estados Unidos e por lá passam diversas pessoas que nunca se encontrariam e que tem pouco ou nada em comum. 

Peter e Mary Jackson, um jovem casal que viaja de volta a New York. A família Carver que viaja em seu trailer em férias. John Marinville que viaja em busca um novo material para um romance e Steve Ames que o seguem em seu furgão parando para dar carona a Cynthia Smith. 

Todos eles, pessoas normais com vidas normais, e um a um, foram abordados por uma pessoa aparentemente confiável que os leva a uma cidade que eles não conheciam até então. Logo se veem em uma jornada sangrenta e aterradora pela sobrevivência onde todos descobrem algo em comum, o desespero...

Desespero é uma pequena cidade à beira da rodovia 50 e tem agora um novo e misterioso líder. A cidade nunca teve muitos habitantes, porém o que os recém-chegados viram quando passaram pela placa da cidade foi uma desolação total, ninguém andava pelas ruas, e não havia movimento dentro das casas, parecia que o único habitante da cidade era o enigmático homem que os levava. 

Os primeiros a entrarem em Desespero foram Ralph Carver, sua esposa Ellie e seus filhos, David e Kirsten, eles não sabiam o que esperar, mas nunca imaginariam a cena que o homem os apresentara, seu medo foi imediato e com ele a necessidade indescritível de sair, porém já não era possível. Com Peter e Mary a reação foi parecida, apenas John Marinville viu e sentiu algo além de sua compreensão, podia sentir o cheiro de seu próprio medo, mas não o admitia. Steve e Cynthia se juntaram por acaso em uma missão que deveria ser de resgate e acabou se tornando o que todos considerariam suicídio.

A confusão e o medo se instalaram na mente de todos, porém um deles pregava uma solução que para os outros era loucura, mas poucas eram as opções e o tempo urgia. Agir era a única opção.

Ansiedade é a palavra que melhor descreve o que é sentido ao ler Desespero. Crueldade, violência, sangue e uma descrição crua e detalhada de sentimentos humanos e cenários aterradores fazem parte de cada parágrafo de Desespero.              

Detalhes: 
ISBN: 9788581050041
Editora: Suma de Letras
Páginas: 388
Acabamento: Brochura
Categoria: Literatura Estrangeira / terror                                                       
                                                       Aline Lima 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

PaperTowns

Criado em Março de 2013, o The Paper Towns surgiu como um simples blog voltado para o mundo da literatura. A proposta do The Paper Towns é, sem dúvida, criar entretenimento literário diversificado e diferenciado para seus leitores. Temos como objetivo, informar, dar opiniões, resenhar, tudo relacionado com o mundo literário.




Facebook

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *