domingo, 20 de março de 2016

Resenha: Jurassic Park de Michael Crichton


Livro: Jurassic Park
Autor: Michael Crichton
Editora: Aleph
Compre: Amazon
Sinopse: Uma impressionante técnica de recuperação e clonagem de DNA de seres pré-históricos foi descoberta. Finalmente, uma das maiores fantasias da mente humana, algo que parecia impossível, tornou-se realidade. Agora, criaturas extintas há eras podem ser vistas de perto, para o fascínio e o encantamento do público. Até que algo sai do controle. Em Jurassic Park, escrito em 1990 por Michael Crichton, questões de bioética e a teoria do caos funcionam como pano de fundo para uma trama de aventura e luta pela sobrevivência. O livro inspirou o filme homônimo de 1993, dirigido por Steven Spielberg, uma das maiores bilheterias do cinema de todos os tempos.


ResenhaJurassic Park é um romance clássico que deve estar na lista de todos. Claro que a razão para isso é que o filme também foi um clássico instantâneo, no entanto, não se compara à grandeza que é o livro. E como ele pode fazer isso, apesar do incrível realismo do filme? Vamos ver o que o romance tem para oferecer.

Ironicamente, o capítulo da história de abertura é idêntica à cena do segundo filme O Mundo Perdido (se não me engano).

Uma menina está na praia e joga comida com - o que ela pensa ser - um lagarto. Este lagarto torna-se um pouco curioso e um pouco brincalhão. Você já deve imaginar o que aconteceu. 


Esta tragédia é seguido por vários eventos independentes e situações menores - todos omitido do filme - até que a história muda para os nossos heróis em torno de 50 páginas, o Dr. Alan Grant e Dr. Ellie Sattler. Eles estão cavando fósseis de dinossauros em algum lugar nas regiões montanhosas na região central dos EUA, quando o multimilionário John Hammond chega ao local e convida-os a uma ilha misteriosa. Ele não revela por que eles devem ir com ele, deixando-os em suspense total. Após a sua curiosidade vencer-lhes, Grant e Sattler seguem Hammond a esta ilha - mas primeiro, eles logo encontram-se com o matemático Dr. Ian Malcolm, que também é mantido em suspense e um advogado, Donald Gennaro. Juntos com Hammond, os quatros viajam para a pequena ilha junto à costa oeste da Costa Rica chamada Isla Nublar.


Quando eles chegam, estão absolutamente atordoado com capacidade de Hammond de clonar animais e plantas - e claro,
 dinossauros. Então Hammond leva o grupo e dá-lhes um passeio educativo pelo parque. Tudo é aparentemente seguro, até que a combinação de uma tempestade e um funcionário traidor, traz o caos para o Jurassic Park. Logo os sistemas de segurança que mantêm os dinossauros - incluindo o Tiranossauro.

Durante todo o tempo o Dr. Malcolm foi expor muitos dos erros do computador de Hammond, e insistindo que o caos irá sempre encontrar uma maneira de assumir. Parece que Malcolm está prestes a comer suas próprias palavras. Os dinossauros estão em movimento, as pessoas começam a morrer, e assim por diante. Grant, Sattler, Malcolm, o advogado, Hammond e seu sobrinho e sobrinha tem que restaurar esta erupção súbita de "caos". Depois de quase ser morto pelo Tiranossauro, e, em seguida, mais tarde, um bando de aves de rapina - as coisas estão finalmente ficando sobe controle.

Eu realmente não preciso entrar com muito mais detalhes sobre o enredo, porque a maioria já viu o filme. E embora o filme mude muitos aspectos, ele ainda é o mesmo enredo básico. Apenas condensado. Claro o livro tem muito mais informações e é muito mais detalhado.


Uma das razões fundamentais por que este livro é memorável é porque os personagem são todos bem desenvolvido. O destaque nessa área é facilmente Dr. Ian Malcolm! Este homem não é só brilhante, mas extremamente engraçado - e assim sarcástico. Eu posso facilmente dizer, ele é, de longe, de caráter mais desenvolvido de Michael Crichton. Sattler e Grant são protagonistas simpáticos e combinam bem com Malcolm. Hammond é muito mais sinistro aqui do que no filme.


O enredo é também fantástico. E a escrita de Crichton é espetacular e fluida. Você sente como se fizesse parte da ação neste romance. Durante algum tempo, depois que os dinossauros são soltos, e depois aparentemente contidos, você sente que tudo voltou ao normal. Em seguida, tudo vai embora e você começa a ficar tenso enquanto lê. E, claro, não deve ser esquecido, a gritaria começou... Crichton fez um trabalho magistral de escrever o suspense e a ação.


Para encurtar a história, eu realmente amei Jurassic Park. É ainda melhor do que o filme e eu não posso esperar para ler o segundo livro. Querida Editora Aleph lança logo que eu não aguento mais esperar. A edição brasileira está espetacular. Apesar de ser brochura, a editora Aleph caprichou muito no livro, com uma capa magnifica, a lombada vermelha, um detalhamento especial dentro do livro e claro, aqueles extras que só os livros da Aleph tem. 

Detalhes:

Título: Jurassic Park
Autor: 
Michael Crichton

ISBN: 9788576572152
Idioma: Português
Tipo de Capa: Brochura
Número de Páginas: 
528



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre Nós

PaperTowns

Criado em Março de 2013, o The Paper Towns surgiu como um simples blog voltado para o mundo da literatura. A proposta do The Paper Towns é, sem dúvida, criar entretenimento literário diversificado e diferenciado para seus leitores. Temos como objetivo, informar, dar opiniões, resenhar, tudo relacionado com o mundo literário.




Facebook

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *